Vagas Mercado NoCode

Cade as Vagas no Mercado NoCode?

Esses dias eu estava tirando um tempinho para responder e ajudar algumas pessoas nos grupos abertos de WhatsApp da NoCode StartUp e me deparei com o seguinte comentário:

“Achei até interessante esse no-code, mas não encontrei nenhuma vaga, dai desisti”.

Membro comunidade WhatsApp – NoCode StartUp.

Ai fiquei intrigado com esse comentário, fui no linkedin, e fiz uma rápida pesquisei por vagas em nocode e pra minha surpresa:

mercado nocode

Ai F*****.

Vagas no Mercado NoCode

Então é isso pessoal, na minha primeira busca já recebi um 0 resultados encontrados de cara, mas será que isso é motivo pra nós todos aqui desistirmos do nocode?

De verdade? TALVEZ SIMM.

Não todos nós, mas se você está entrando no mercado de no-code agora, com a unica mentalidade de querer entrar em uma empresa e conseguir um emprego tradicional, sinto muito, talvez de fato esse não seja seu momento e você não esta pronto para esse mercado, pelo menos não agora.

E antes que eu seja apedrejado de todos os lado aqui, eu me explico:

Primeiramente, claro que se você entrar agora no linkedin, e pesquisar por vagas de desenvolvedor Bubble, FlutterFlow, você vai sim encontrar algumas vagas, principalmente se você souber falar inglês, pois temos mais oportunidades fora no pais.

E também a maior quantidade de oportunidades para vagas em empresas estão nos grupos de nocode, comunidades, networking etc…

Porém não vim aqui falar sobre como encontrar vagas de nocode por ai, esse aqui não é o objetivo desse vídeo.

Curva de Adoção de Produtos

Aqui, eu quero falar sobre o momento em que o mercado nocode está agora e por quê pessoas que estão buscando por um emprego tradicional com nocode ainda podem se frustrar, se entrarem no mercado só com essa mentalidade.

E pra isso, eu quero apresentar para vocês um conceito muito utilizado para se compreender momentos de mercado e ciclo de vida de produtos, chamada:

Curva da Adoção de Produtos criada por Everett M. Rogers Ex-Professor da universidade de Stanford.

Essa curva ilustra todas as fases da evolução de produtos e mercados, e ela é consiste das seguintes fases:

No eixo “x” horizontal, temos o tempo e no eixo “y” temos o volume de adoção desse produto pelas pessoas.

Curva de adoção de produtos nocode

Sendo composta por algumas fases nas quais cada uma possui um perfil de consumidor:

Fase 1: Entusiastas

A primeira fase é a fase dos entusiastas, são as primeiras pessoas a utilizar o produto, são os consumidores curiosos.

Fase 2: Visionários

Na segunda fase temos os visionário, assim como entusiastas são um dos primeiros a utilizar o produto, porém além curiosidade buscam vantagens competitivas frente aos demais.

Essas duas fases compõem a fase de “Mercado Inicial”, aqui tudo é ainda muito novo e consequentemente também muito incerto.

Os ganhos por se adotar um produto ou tecnologia nessas etapas, podem ser enormes, porém também contém seus riscos, já que o produto ainda não está 100% validado.

Vale da Morte

E é até por isso no meio dessa curva temos um vale, muito conhecido como vale da morte das startups.

Esse é momento desse produto, dessa tecnologia, dessa startup, se provar pro mercado e encontrando de fato o tão conhecido no mundo das Startups Product Market Fit (PMF), ou seja, encontrar o produto ideal para aquele mercado em especifico que ele está atuando para que ela consiga passar passar para a próxima etapa e de fato explodir seu crescimento.

Fase 3: Pragmáticos

Depois dessa fase temos a fase dos pragmáticos, pessoas que demoram um pouco mais para utilizarem um produto e entram quando a tecnologia já está validada e em pleno crescimento, mas é aqui que o grande montante de dinheiro vive, é aqui que o produto de fato gera caixa.

Fase 3 e 5: Conservadores e Céticos

Depois temos os conservadores, pessoas mais resistentes a mudanças e por fim os céticos, pessoas que adotam soluções só depois de todos já estarem bem adaptados com essa solução.

Essas últimas 3 fases compõem o mercado convencional.

Novamente, esse conhecimento aqui é extremamente importante para todos vocês que trabalham desenvolvendo produtos e tecnologias. Para conhecer como funciona o ciclo de vida e maturidade de produtos.

E o que que isso tem a ver com nocode?

O Mercado NoCode

Quando a gente busca colocar a tecnologia do no-code nessa curva, na minha visão, o no-code está bem no processo de transição dos visionários para os pragmáticos, passando o vale da morte.

O que quer dizer que até o momento e ainda por um bom tempo, no-code É algo para empreendedores e inovadores, pessoas que estão na ponta da lança da inovação, que visionam oportunidades e tem construído negócios com essa visão.

Para quem é o NoCode?

No cenário atual, no-code é para pessoas que não tem medo de investir seu tempo nessa tecnologia, pois de fato acreditam que isso é uma gigante vantagem competitiva frente a concorrentes, dos seus competidores.

No-Code é para pessoas que estão criando projetos e startups, empreendendo como freelancer e agencias no-code ou intra-empreendendo em empresas inovadoras que já entenderam os ganhos que o no-code gera.

Em contra partida, hoje o no-code ainda não é para pessoas que estão buscando abundancia de vagas em empresas, não é para pessoas que pensam mais em seus curriculos do que de fato elas conseguem criar com suas novas habilidades.

No-code ainda não é a skill a se aprender se você pensa apenas em ser um empregado, basicamente.

Claro que já temos agencias, startups e empresas contratando, mas isso ainda não é em grande escala.

Mas repito, ainda ne… Não vamos esquecer o que acabamos de aprender sobre os ciclos de adoção de novas tecnologias.

Em 2022, o FlutterFlow , o Bubble, o Xano, o Webflow, o Zapier, entre outras ferramentas, receberam grandes quantias de investimentos e em 2023 tem crescido exponencialmente.

No-code está cada vez mais conhecido, empreendedores já enxergando no-code como a melhor solução para iniciar um negócio, e empresas vendo no-code como uma excelente opção para inovação rápida e barata.

E com isso mais e mais o mercado vai ganhando maturidade e mais vagas de emprego em pequenas, médias e grandes empresas vão surgindo.

Claro que nesse momento, a competição entre profissionais e o nível de exigência de capacitação também aumenta.

Não existe almoço gratis pessoal, pessoas querem entrar em um mercado novo, emergente, e com potência gigante, mas já quer que o mercado esteja maduro com infinitas vagas a sua disposição.

Por isso o momento em que você entra em algum mercado, faz total diferença.

Convite para revolução

E ai fica o meu convite, se você, assim como nós aqui da NoCode StartUp, já entendeu o poder que o NoCode tem e o tamanho do mercado que o NoCode ajuda.

Primeiro de tudo, não deixa de seguir a NoCode StartUp no YouTube.

Segundo, a fonte de inspiração para esse conteúdo aqui foram nossos grupos abertos no WhatsApp, então não deixe de participar.

Terceiro, para você que quer se especializar e aprofundar conhecimento nas ferramentas, a NoCode StartUp possui hoje o melhor ecossistema de ensino sobre NoCode que você pode encontrar.

No mais pessoal, valeu a atenção de todos que ficaram até aqui e até a semana que vem!

Mais Artigos Blog No-Code Start-Up:

plugins premium WordPress
pt_BRPT

Super Lançamento

NoCodePRO

Todas Formações NoCode StartUp em uma única assinatura

Comece 2024 com o pé direto no maior ecossistema NoCode no Brasil! Aproveite a super oferta de lançamento!